Aviso


Informa-se que a Biblioteca da Ajuda, encerra o serviço de leitura no dia 18 de Janeiro (a partir das 13h00), e no dia 19 de Janeiro  (até às 13h00), devido à preparação e realização do lançamento da obra:
A OURIVESARIA BARROCA ITALIANA EM PORTUGAL: Presença e influência / Teresa Vale, editada pela Scribe e apresentada por Nuno Vassalo e Silva, que terá lugar nas suas instalações.

O horário habitual é retomado no dia 20 de Janeiro.

Agradecemos a compreensão.

A Coordenadora

Biblioteca da Ajuda | 18 de janeiro | 18h00 |

Sinopse

O presente livro ocupa-se, como o título e subtítulo o indicam, da presença e da influência da ourivesaria barroca italiana em Portugal, efetuando uma abordagem a esta problemática capaz de permitir uma identificação e análise do acervo, do contexto, dos agentes e dos processos de importação e difusão. Ao longo do texto - que se desenvolve em articulação com uma seleção de imagens e quadros-síntese e se alicerça na análise das obras e dos manuscritos (que, devidamente transcritos, se publicam no final do volume) - procura compreender-se o contexto de produção, identificar autores, estabelecer relações entre peças e artistas (não apenas ourives mas também escultores, tendo em conta a estreita colaboração verificada entre estas duas categorias profissionais para a concretização das obras) e ainda reconhecer tipologias, no âmbito das obras importadas para o nosso país durante o tempo do Barroco. Por outro lado, efetua-se também um reconhecimento da influência italiana na ourivesaria portuguesa, em particular naquela da segunda metade do século XVIII. Tal problemática, embora recorrentemente referida por múltiplos autores (de forma mais ou menos superficial e nunca justificada), numa se constituiu como tema de uma publicação. Cremos que os resultados deste estudo possuem voz própria, ou seja, cremos que se assume como evidente o modo como o texto e os respetivos anexos vêm colmatar a lacuna que tivemos ocasião de identificar no início da nossa investigação, deixando porém largo espaço a novos contributos.

Programa de rádio Encontros com o Património. 10ª Série: 7 de janeiro - «A admirável Biblioteca da Ajuda»

Com 3 Km de estantes, cerca de 150 000 espécies, manuscritas e impressas, entre as quais raridades e primeiras edições, a Biblioteca da Ajuda é um das mais antigas bibliotecas portuguesas, albergando uma importante colecção de manuscritos que inclui códices iluminados, atlas, crónicas e exemplares raros como o célebre Cancioneiro da Ajuda. A sua história atribulada – que remonta, pelo menos, ao século XV, então no antigo Paço da Ribeira – acompanha as vicissitudes da monarquia portuguesa e assiste à implantação da República para chegar até aos nossos dias com um impressionante acervo, visitável e acessível a todos os leitores.
O próprio espaço da Biblioteca – que não foi concebido enquanto tal mas adaptado para este fim em 1880 – é todo um hino aos livros, com cinco salas de elevado pé direito integralmente cobertas de estantes e galerias revestidas de livros e documentos, tectos decorados com pintura em trompe l’oeil com representação de alguns dos grandes vultos da literatura europeia e vitrines com peças provenientes da antiga oficina de encadernação da Biblioteca Real.
Neste espaço de silêncios e luz coada, onde impera o perfume de livros antigos, Manuel Vilas Boas conversa com Cristina Pinto Basto, Teresa Lança, Teresa Vale e Luís Ribeiro no próximo programa dos “Encontros com o Património”.




Link para a página do programa no site da TSF: http://www.tsf.pt/programa/encontros_com_o_patrimonio.html  - aqui encontra a emissão mais recente e todo o histórico dos programas já emitidos; é uma página para audição online, no site, e não permite fazer o download do programa.

Questionário 2016


A sua opinião sobre a Biblioteca da Ajuda é importante para nós. Dispensando alguns minutos na resposta a este questionário [AQUI ] pode ajudar-nos a prestar um melhor serviço.
Agradecemos desde já a sua disponibilidade.
As suas respostas serão anónimas e confidenciais.